Artigos

Barras de gelo na torre de resfriamento, isso funciona?

Talvez você já tenha ouvido falar de alguém que colocou barras de gelo na torre de resfriamento. Isso é fato ou fake? Funciona mesmo?

Sim, é verdade que barras de gelo podem ajudar no processo de resfriamento da água, e nós da Termoparts já usamos essa solução com sucesso em um caso emergencial.

Mas, essa solução só é recomendada como temporária e em casos onde o fornecimento de água resfriada não pode ser interrompido, seja por conta de um grave prejuízo à produção, seja pelo risco de se perder matéria-prima ou produto acabado.

No caso real em que participamos, a torre de resfriamento sofreu uma pane no ventilador que não podia ser reparada de imediato, e a torre atendia a um processo industrial que não podia ser paralisado, sob o risco de perder matéria-prima transformada caso ela não fosse imediatamente utilizada. Era uma torre pequena, e a solução foi adquirir rapidamente barras de gelo e colocá-las na bacia de água fria para auxiliar na redução da temperatura da água. A disponibilidade de um fornecedor das barras de gelo nas proximidades ajudou a evitar o pior.

Mas, é importante lembrar que se trata de uma solução emergencial, e que pode ter implicações negativas. É difícil fazer um controle preciso da temperatura da água ajustando a quantidade de blocos, pois existe sempre uma inércia para a influência da troca da temperatura das barras com a da água que já está na bacia, e também com a temperatura da água que está retornando do processo. Ao resfriar a água da bacia, a água de retorno chegará mais fria, e a temperatura pode sofrer um declínio maior e mais rápido. É preciso conhecer o processo para evitar que surjam outros efeitos colaterais indesejados.

Deve-se tomar cuidado também com boias de nível instaladas nas paredes da torre, que podem ser danificadas pelo gelo e não controlar corretamente o nível de água.

A manipulação do gelo também requer cuidados para se evitar acidentes, não só pela baixa temperatura e pelo peso, mas também por serem escorregadias.

O ideal mesmo é manter a manutenção do equipamento em dia, monitorar as suas condições operacionais (ruídos, vibrações, temperaturas, etc…) e manter componentes de reserva em estoque.

Prevenir é sempre melhor do que remediar.

Antes de realizar uma manutenção numa torre de resfriamento, é preciso entender bem os motivos da solicitação, as reais causas do problema, o seu objetivo final, e antecipar os resultados para que a missão seja cumprida com êxito.

Gostaria de mais informações acesse: http://torreresfriamento.com.br/tr/24/torre-de-resfriamento-funcionamento/o-que-e-uma-torre-de-resfriamento/

Este texto é propriedade intelectual da Termoparts Equipamentos Industriais, e está protegido pelas leis de direitos autorais, não sendo permitido a sua cópia, divulgação, reprodução ou qualquer outro uso não autorizado pelo seu autor. A não observação destas exigências implicará em sanções legais aos infratores.